Pra inspirar: looks com coturno

Na estação mais fria do ano, nada melhor do que manter os pés quentinhos, certo? Pois o coturno voltou repaginado nesta temporada, com solado tratorado e salto alto, garantindo alguns centímetros extras para as mulheres que gostam de inserir um toque masculino nos looks. A verdade, no entanto, é que este modelo de bota com inspiração militar nunca saiu de moda, sendo a versão “tradicional” de couro e sem salto uma excelente alternativa para mulheres que não abrem mão do conforto, mas querem fugir dos tênis e das sapatilhas.

Daí que uma amiga (beijo, Aline!) estava toda empolgada para comprar um e pediu minha opinião. Como eu conheço o estilo pessoal e a rotina dela, respondi com uma pergunta: e você vai usar onde? Porque trata-se de uma bota bem casual e que talvez não faça sentido diante da vida que ela leva.

Então, decidi fazer este post para ajudar mais leitoras: com as dicas abaixo, quem já tem o coturno (como eu!) terá um incentivo extra para exercitar a criatividade, variando as produções diante da versatilidade que o calçado proporciona. Em contrapartida, quem ainda está namorando poderá avaliar se realmente vale a pena investir, considerando as possibilidades de combinação do próprio acervo. Acompanhe:

Opção 1: coordene com calça jeans – e se curtir uma vibe mais rock ‘n’ roll escolha uma peça rasgada, reforçando mais essa proposta rebelde. A modelagem pode ser tanto boyfriend quanto skinny, mas o bacana é dobrar a barra para evidenciar o cano alto do coturno, atualizando assim o visual com este truque de styling. Na parte de cima, aproveite o inverno para brincar com as camadas – seja com jaqueta de couro ou tricôs. 

Opção 2: adote casacos compridos e lenços/cachecóis se o frio apertar e o resultado será um look confortável e estiloso para bater perna por aí. Se a calça for da mesma cor do coturno, o efeito alongador da silhueta estará garantido (dica especialmente boa para quem quer disfarçar as pernas curtas e/ou grossas).

Opção 3: combine com shortinho, valendo tanto os de alfaiataria quanto jeans ou sarja. Eles conversam super bem com a bota e conferem aquele ar boyish e moderno. Se necessário, recorra à meia-calça – outra aliada das temperaturas baixas.

Opção 4: faça um contraponto à masculinidade do coturno ao apostar nas saias, que são superfemininas. O modelo fica a seu critério: curta, rodada, midi ou lápis. Legal também se misturar diferentes texturas e tecidos, pois ajuda a enriquecer a produção.

Opção 5: seguindo a mesma ideia, recorra aos vestidos para evidenciar seu lado mulherzinha (e até sexy). Caso o clima esteja fresquinho, incremente o visual com a jaqueta de couro ou jeans – duas peças que considero essenciais em qualquer armário.

Opção 6: tenha em mente que esta bota não está restrita somente ao outono/inverno. Ela também pode ser usada no verão com roupas leves, como vestidos de manga curta ou macaquinhos, trazendo “peso” e quebrando a delicadeza/romantismo do visual. Aí, dá para acrescentar uma peça de sobreposição, amarrando-a no quadril para agregar uma pitada fashion e, de quebra, ser útil caso a temperatura diminua ao longo do dia.

E aí, o que você achou do post? Passou a gostar mais dos coturnos? Compartilha sua opinião através dos comentários e também deixe sugestões de qual peça você quer aprender a usar!

Crédito das imagens: REPRODUÇÃO

Comentários