segunda-feira, 16 de maio de 2016

Férias do blog!

Se você me acompanha nas redes sociais já está sabendo que minha mãe e irmão vieram me visitar, yey!!! Tudo aconteceu muito rápido e em menos de uma semana eles compraram a passagem e embarcaram! Imagina a minha surpresa e felicidade?! Eu nem conseguia acreditar, afinal, não os via (pessoalmente, é claro) há mais de um ano! Era muuuuita saudade acumulada! Só quem mora longe das pessoas que ama entende o tamanho da alegria que estou sentindo... 

Pequenas situações do dia-a-dia (como tomar o café da manhã ou ir ao supermercado) tem sido uma diversão e um prazer imenso! Nada é mais importante na vida do que minha família – e como eu sinto a falta desses dois! A distância física de 10.800km aperta muito meu coração! Esta é a principal desvantagem de morar nos Estados Unidos...

Então, decidi tirar umas miniférias daqui, haha! Eu levo hooooras pra escrever os posts e, neste momento, a prioridade é ficar o máximo de tempo com eles, passeando e curtindo. Espero que você, cara leitora, compreenda minha ausência, já que esta visita tem data pra terminar (nem quero pensar nisso) ao passo que o blog pode esperar. 

De qualquer maneira, estou postando sempre que possível no Instagram (@camila_vaz) e no Snapchat (vazcomestilo). Portanto, se quiser ver o que estamos aprontando, me segue por lá também!

Beijos e até breve!

sábado, 14 de maio de 2016

Pra inspirar: looks all black

Da última vez que pedi sugestões de posts para o blog lá no meu Instagram, três seguidoras me perguntaram como montar looks all black (da cabeça aos pés) sem ficar sem graça! Então, cá estou eu para ajudá-las com dicas fáceis de serem incorporadas na vida real. Vejamos as orientações:

Alternativa 1: vestidos! Entre as peças essenciais do guarda-roupa feminino está o Little Black Dress (LBD), carinhosamente apelidado de pretinho básico. Por ser um item curinga em diversas ocasiões, vale a pena investir em um modelo que tenha bom tecido e caimento. Aí, cabe ao calçado ditar o rumo da produção: uma sandália de tiras finas reforçará a sensualidade, enquanto que a rasteirinha confere despojamento. A versão com sola tratorada agrega modernidade e se usar com meia-calça o look ficará ousadia pura.

Alternativa 2: saia e blusa! O “pulo do gato” é misturar elementos de diferentes pesos e texturas para quebrar a monotonia da falta de cor. Pense em opostos, como tricô com renda, couro com seda, camurça com verniz... Dá até pra apostar em peças com aplicações e bordados, a fim de garantir um charme extra. E, se estiver frio, abuse da meia-calça ou das botas over the knee, que estão suuuuuuper em alta nesta temporada.

Alternativa 3: saia midi! Esta modelagem abaixo do joelho confere feminilidade ao visual e fica elegante se coordenada com top cropped, pois remete ao jogo “esconde/revela”. O ideal é que a saia tenha a cintura alta para mostrar apenas uma pequena faixa de pele. Nos pés, arremate com salto alto e/ou bico fino para compensar o comprimento achatador.

Alternativa 4: shorts! Quer exibir as pernocas sem abrir mão do conforto? Pois eles são excelentes opções! Com uma blusa transparência a proposta fica sexy na medida, ao passo que com camisa e oxford o resultado puxa para o lado masculino e clássico. Só depende de você decidir qual imagem quer passar!

Alternativa 5: calças! Outra curinga do acervo de toda mulher, a calça preta já rendeu um post exclusivo aqui no blog. A dica é escolher modelagens e materiais interessantes para movimentar a produção. O bom do visual monocromático é que ele alonga a silhueta – e quem não quer parecer mais alta e magra, né? 

Alternativa 6: macacão! Esta peça, por si só, já deixa o corpo mais longilíneo e é uma opção até mais sofisticada do que muitos vestidos que encontramos por aí. Versátil, ele transita do lazer ao trabalho e vai bem com os mais variados tipos de calçados.

Alternativa 7: jaqueta de couro! Ela é outro item que eu considero como um ótimo investimento por ser atemporal. A versão preta é facílima de combinar: com calça pijama e barra dobrada (alô, truque de styling!), com vestido rodadinho de renda ou com calça destroyed, numa pegada mais rocker. 

Alternativa 8: colete de pelos! Com a proximidade do inverno no Brasil, o colete é fantástico para incrementar o visual num passe de mágica. Lembrando que, quanto mais camadas, mais rico é o look.

Alternativa 9: casacos! Quando o frio apertar, opte pelos casacos compridos – que são naturalmente chiques – e coordene-os com calças justinhas, a fim de equilibrar a silhueta. Nos pés, vale tanto um scarpin quanto uma galocha (se estiver chovendo) ou botinha.

Alternativa 10: complementos! Quem não é fã da proposta all black pode acrescentar pontos de cor “colorida” ou estampas nos calçados e acessórios (como colares, bolsas e echarpes). Esta é uma forma de diminuir a rigidez da produção monocromática.

Espero ter auxiliado as leitoras com boas ideias, que podem ser colocadas em práticas já! Obrigada pela visita e até a próxima semana! 

Crédito das imagens: REPRODUÇÃO

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Uma calça pijama pra chamar de minha

Desde o post sobre como combinar calça pijama (revejam aqui), eu estava looooouca atrás de uma! Até que, durante visita à fast-fashion H&M no mês passado, finalmente encontrei uma que arrebatou meu coração. Apresento a vocês outra aquisição recente: 

Ela é tããão confortável que estou com vontade de voltar na loja e comprar uma de cor, kkkk! No dia, preferi esta com estampa geométrica em P&B por ser fácil de coordenar. Amei a modelagem soltinha na coxa, mas que afunila nas pernas. Também tem a cintura no lugar, cós plissado e elástico somente na parte traseira. Os bolsos laterais são um charme extra – adoro este detalhe! Como o tecido é viscose, ela amassa na primeira sentada (haha), porém é ideal para dias frescos. Inclusive, ando prestando atenção nas etiquetas de tudo o que compro, a fim de saber mais sobre o tipo de material, qualidade e lavagem recomendada. Temos que cuidar com carinho para durar bastante, né?

Na parte de cima, escolhi a regata de cetim amarela para colorir e alegrar a produção (na verdade, eu gosto do contraste desta cor viva com preto e branco). Adicionei também a jaqueta branca de sarja, cuja modelagem acinturada e com manguinhas ligeiramente bufantes garantiram um toque de feminilidade, fazendo um contraponto à calça relax. Esta terceira peça foi essencial para deixar o visual mais arrumado – de forma que o desleixo passe longe!

Nos pés, reforcei meu lado adulto ao optar pelo salto alto através da sandália de amarrar. A estampa de cobra se misturou com o desenho da calça, evidenciando minha personalidade criativa. Pra quem não consegue conceber a ideia de mesclar duas roupas com padronagens diferentes, uma boa dica é começar pelo calçado – que tem menos impacto no look, mas ainda assim agregará informação.

A cereja do bolo foi o maxicolar prateado (que imita a delicadeza de uma renda), a fim de valorizar o colo. 

A jaqueta branca é uma bela alternativa à versão jeans e tão versátil quanto. A última aparição aqui no blog incluiu também uma regata verde-água e a calça bootcut de cobra:

Achei que as fotos não traduziram a beleza real desta produção – que rendeu elogios do marido! Ele disse que eu estava bem elegante, apesar de não curtir essas calças larguinhas. Eu respeito a opinião dele, mas não me privo de satisfazer os meus gostos fashionistas. Tanto que possuo uma lista no celular com itens que estou querendo, o que ajuda a manter o foco quando vou a lojas e a diminuir a impulsividade (vide este post que entrou domingo). 

No caso da calça pijama, procurei bastante até ter certeza de que a peça apresentava um bom caimento e não me engordava muito. Cheguei a experimentar alguns modelos na Forever 21, porém ficaram horrorosos no meu corpo. Quando provei esta da H&M, fiquei contente com o resultado. Então, sei que usarei muito, independente de estar ou não na moda, porque tem a ver comigo. Isso é o mais importante: fazer sentido no estilo e na vida que se leva!

terça-feira, 10 de maio de 2016

Look: mix diferente de onça com listras

Na minha pastinha de inspirações, havia um look da blogueira Gabriela Joá que eu sempre namorava: mix de animal print com poás. Falando assim parece comum e fácil, né? Mas a questão é que as peças não possuem a mesma cartela de cores – uma das técnicas que garantem harmonia no resultado final. Enquanto a estampa de bicho da calça puxa pros tons de marrom, a blusa tem fundo azul marinho com as bolinhas brancas (e ela ainda acrescentou a bolsa de padronagem quadriculada – vejam que ousadia):

Enfim, eu sou apaixonada por esta combinação e logo quando ganhei da sogra uma camiseta listrada de manga longa, visualizei a minha própria versão, misturando as listras com a onça. Aproveitei o calor de sábado para colocar a ideia em prática, já que a blusa é de viscose – material ideal para o clima daqui agora que o verão se aproxima. Adoro o caimento no corpo, porque não fica tão justinha quanto uma t-shirt de malha, sem falar que a dupla branco + marinho é uma das minhas favoritas.

Na parte de baixo, fiquei na dúvida entre uma calça de oncinha e a saia, mas acabei escolhendo a segunda em prol de um visual mais feminino – com as pernas de fora para agradar o marido, rs. Esta saia tem uma modelagem evasê que favorece meu tipo de corpo, equilibrando com o tamanho dos ombros. E posso falar? Ameeei a coordenação das duas peças, pois ficou agradável aos olhos mesmo sem ter cores idênticas e ainda fugiu completamente do óbvio. Mix de estampas é o que há para transmitir criatividade e originalidade por meio da nossa vestimenta!

Nos pés, optei pela open boot camelo com detalhes vazados no couro. Porém, reparem que não se trata de um calçado básico, apesar da tonalidade discreta que se confunde na pele e ajuda a alongar. O salto grosso, além de confortável, imprime personalidade e o modelo tem uma pegada fashionista por ser uma botinha aberta nos dedos.

De acessório, recorri ao colar comprido, a fim de criar uma linha vertical no tronco e compensar as listras horizontais “engordadoras” da camiseta. Peguei também os óculos de armação prateada e lente degradê, além do relógio azul. 

A saia de oncinha apareceu no blog pela última vez no início deste ano em uma produção de inverno com blusa de renda preta, casaco azul cobalto e meia-calça:

Além do look da Gabriela, encontrei na internet propostas parecidas das também blogueiras Blair Eadie (cujos poás têm o tom de marfim, conversando melhor com a cor da saia) e Vanessa Vasconcelos, cuja onça do shorts é mais estilizada:


Agora quero saber a opinião de vocês: o que acharam deste mix inusitado? Usariam? A meu ver, o trunfo é a estampa de bicho, que é suuuuper curinga, versátil e democrática. Pra quem não curtiu esta coordenação, minha sugestão é apostar numa peça de fundo preto ao invés de marinho, o que ficará mais coerente diante das nuances da onça. O importante é ter a cabeça aberta e nunca dizer não para uma composição antes de provar no corpo! ;-) 

Crédito das imagens: ARQUIVO PESSOAL e REPRODUÇÃO