Postagens

Vida de mãe: recuperando o estilo e a autoestima

Imagem
O post em que compartilhei sobre a mudança do meu estilo pessoal depois que me tornei mãe (reveja aqui) rendeu comentários tão bacanas que me deu forças para fazer o que deveria ter feito há meses: uma boa limpeza no meu closet. Eu sabia que esta era uma medida necessária, mas, além da preguiça e da falta de tempo, eu estava fugindo porque no fundo não queria lidar com a situação, assumindo que boa parte daquelas roupas penduradas já não me serviam mais – tanto na questão do tamanho (porque engordei muito) quanto por serem inúteis na nova vida com a minha pequena Annalise.
Foi difícil fazer essa autoanálise, tocar nas feridas (eu me sentia refém das alterações externas e internas que a maternidade impôs) e aceitar que a realidade era outra, que eu passei de uma mulher que trabalhava fora loucamente para alguém que ficava o dia todo em casa cuidando de uma bebê. Que a transformação do meu corpo pós-parto e a rotina de mãe me tornaram uma pessoa introspectiva (e que só tinha vontade de u…

Como economizar em roupinhas de bebê nos EUA

Imagem
Depois de mergulhar neste mundo da maternidade, descobri que existem várias formas de economizar quando o assunto é roupinhas de bebê aqui nos Estados Unidos! E, por isso, resolvi compartilhar estas dicas no intuito de ajudar as gravidinhas que vêm turistar pelas bandas de cá e fazer compras para seus pimpolhos! Com a cotação do dólar beirando os 4 reais (sem falar no IOF do cartão de crédito), nada melhor do que empregar bem o suado dinheirinho.
Quando se pensa em vestuário infantil, umas das grandes referências é a Carter’s. Mas o que nem todo mundo sabe é que dá para se cadastrar gratuitamente no site deles e se tornar membro do Programa de Recompensa: a cada US$ 150 gastos (na Carter's ou nas outras marcas do mesmo grupo: Skip Hop e OshKosh B'Gosh), você recebe US$ 10 de crédito. Ou seja: você faz uma compra acima deste valor (seja online com seu login ou na própria loja, fornecendo o seu e-mail de cadastro na hora do pagamento no caixa) e geralmente após 72h pode pegar out…

Como foi a introdução alimentar da Lise

Imagem
Na verdade, acho que o título deste post deveria ser “como está sendo” o processo de Introdução Alimentar, já que toda semana minha filha experimenta algo novo e ainda temos um longo caminho a percorrer com a alimentação dela. Mas, vou contar pra vocês como foi o inicinho de tudo! 
Eu pesquisei sobre IA e os vários métodos de apresentação dos alimentos sólidos aos bebês. Então, junto com o marido, optamos pela clássica papinha, mas sem misturar diferentes ingredientes para que a Annalise pudesse sentir o gosto real do que estava comendo. Sei que a técnica BLW (Baby-Led Weaning) está na modinha e bombando nas redes sociais, porém não me senti segura para oferecer frutas e vegetais em pedaços, pois tinha medo dela engasgar sendo tão pequena (quem sabe mais pra frente eu tente)...
Aí, durante a consulta de 6 meses com a pediatra, ela nos deixou livres para começar a IA com qual alimento desejássemos. Como tínhamos banana em casa, o marido amassou bem com um garfo e qual não foi nossa surpr…

Ser mãe no exterior

Imagem
Este é mais um daqueles posts em que tento colocar em palavras a montanha-russa de sentimentos que a maternidade despertou em mim. Abro meu coração pra vocês e exponho a realidade – bem do meu jeitinho “sinceriane” de ser, rs! Pois desde que compartilhei a decisão de parar de trabalhar pra cuidar da Annalise, ouvi de várias pessoas que sou “sortuda” por ficar em casa com a minha filha. Seria mesmo sorte?
Quem pensa assim se esquece de que eu moro nos Estados Unidos e não tenho NINGUÉM para me ajudar. O marido fica fora o dia todo (e não rola o esquema home office). Sou eu e a Lise, faça chuva ou faça sol. Pra mim não existe a opção de “não dar conta”. Lembrando que a tarefa da mãe “dona de casa” não se resume a cuidar do filho. O ambiente precisa estar em ordem em prol do bem-estar da criança, as roupas lavadas/passadas/guardadas, a cama arrumada, a louça limpa – tipo agora: enquanto ela tira uma soneca, terminei de lavar os banheiros e sentei para escrever este post rapidinho. 
Então, …

Enxoval de bebê nos EUA: mais 6 itens que valem a pena

Imagem
E num piscar de olhos a minha pequena Annalise completou 6 meses! 6 meses, gente! Como passa rápido! Aí pensei em escrever outro post com os produtos que mais têm sido úteis nesta fase “maiorzinha” dela para ajudar quem vem aos Estados Unidos fazer o enxoval (neste link tem a parte 1 de quando ela era recém-nascida). Tudo é baseado na nossa experiência pessoal, então montei a lista em ordem aleatória, tá? Vamos a ela: Sophie A famosa girafa Sophie é queridinha dos bebês em geral e com a Lise não foi diferente! Ela ama este mordedor por ser pequeno (facilitando que ela segure com as mãozinhas) e ter uma textura de borracha que agrada seu paladar, rsrs. Para limpar a Sophie, eu uso um lenço umedecido indicado para higienizar chupetas – afinal, vai tudo pra boca de qualquer maneira. Recomendo super a compra desta girafinha simpática!
Canguru Nosso canguru é da marca Baby Bjorn e eu simplesmente amo porque é muito simples de vestir e a Lise adora ficar nele! O modelo é confortável e oferece b…

Os mistérios do sono da Lise

Imagem
Eu estava ensaiando para atualizar o blog há dias, mas ando tão cansada que não consigo me concentrar (ou ter disposição) para escrever. Tudo porque a minha filhota Annalise, agora com 5 meses, não está mais dormindo “bem” como antes – quando ela acordava apenas uma vez por noite. Acredito que, depois da amamentação, o sono tem sido o maior desafio. Cada fase traz as suas dificuldades, né?
Pois de tanto ouvir pessoas falando que minha bebê dormia muito tarde (por volta das 22h), comecei a me sentir mal e passamos a colocá-la no berço na casa das 20h. Coincidência ou não, depois desta decisão, ela passou a acordar de 2 a 3 vezes por noite!!! Nossa, eu realmente não esperava por isso – e já se passaram mais de 3 semanas que ela tem dormido picado assim (e eu, consequentemente). 
Tenho conversado com amigas que também têm babies menores de 1 ano e parece que a questão do sono é um drama coletivo. Toda noite ao deitar na cama fico pensando quando ela vai chorar, quantas vezes eu terei que …

Meu estilo pós-maternidade

Imagem
Desde que me tornei mãe venho pagando a língua, haha! Segunda-feira, por exemplo, fui na Carter's, não resisti e comprei uma sapatilha pra Annalise – e neste post eu afirmava que não compraria sapatinhos enquanto ela fosse bebê, afinal, é dinheiro jogado no ralo porque usa pouco e perde rápido! O fato é que a maternidade mexeu profundamente comigo – e de um jeito que eu não esperava em determinados aspectos...

Há alguns anos eu vi uma amiga se deixar de lado como mulher depois que virou mãe. Inconformada, eu batia na tecla de que – apesar da prioridade ser o filho – ela também merecia atenção. Dei força pra voltar a cuidar de si mesma e da sua aparência. E, por ironia do destino, hoje eu me encontro no mesmo lugar da minha amiga. Mesmo sendo consultora de Imagem & Estilo, atualmente me encontro perdida com minha autoimagem e me vestir tem sido desafiador. Olho para as araras do meu closet e não gosto de mais da metade do que possuo. Fico pensando: quando vou usar essas saias no…