Primeiro look da Primavera 2016

O look de domingo foi montado daquele jeito que todo mundo se identifica: pega as primeiras roupas que vê na frente e seja o que Deus quiser, haha! Por sorte, eu já tinha essa combinação na cabeça, então na pressa foi ela mesmo. Ainda bem que gostei do resultado, rs! 

Para comemorar o início da primavera, apostei na calça flare que tem uma mistura de estampas linda: floral com onça. Ela é, sem dúvida, uma das minhas peças preferidas – não só pelo mix (que tem tudo a ver com meu estilo), como também pela modelagem, já que a cintura alta e a boca larga aumentam a linha de pernas, dando a sensação de um shape mais alongado. Aliás, está é a grande vantagem da flare: o equilíbrio das proporções, beneficiando mulheres de diferentes biotipos.

Gosto de coordenar com blusas sequinhas (mas não coladas), então optei pela camiseta de renda em tom marfim, cuja cor harmonizou com a calça e o desenho formado pelo tecido contrastou com a estampa. Fica muito mais interessante e moderno do que se fosse uma peça lisa, entendem? Guardem esta dica!

Apesar da mudança de estação, o frio ainda não foi embora. Aliás, calor aqui onde moro é só em julho, então vocês vão continuar me vendo agasalhada por mais alguns meses. Tanto que tive que pegar um casaco antes de sair de casa e escolhi o roxo para valorizar minha coloração pessoal, quebrando o efeito ruim perto do rosto causado pela tonalidade da renda (cores claras e quentes não me favorecem). Este casaco é acinturado, tem bolsos e abotoamento duplo – detalhe que acho chique, rs. 

Na hora de definir o calçado para usar com a flare, é preciso atenção: a barra deve encobrir completamente o salto e ficar 1 dedo de distância do chão, a fim de garantir uma silhueta elegante e alguns centímetros extras. Pode ser qualquer modelo – bota, sandália plataforma, scarpin e até sapatilha (de preferência com bico fino, pois o redondo some diante da boca larga) –, mas não se esqueçam de medir o comprimento direitinho, ok? Pensando nisso, eu mesma fiz a bainha em casa e assim pude colocar a ankle boot camelo de franjas, que conversou com a pegada setentinha da calça.

Arrematei com brincos e anel dourados, além dos óculos grandões e batom vinho. Como ando numa relação de amor e ódio com meu cabelo, fiz um topete pra ver se ajeitava melhor – e curti, viu? O marido também! <3 

A última produção com o casaco roxo envolveu também jeans skinny, bota montaria marrom e uma pashmina verde, acessório que coloriu o visual:

Eu sei que no inverno a gente tende a usar calças basiconas, mas dá pra ser um pouco mais criativa com uma versão estampada, variando assim o look do dia. Não deixem que o “medo de errar” impeça vocês de testarem novas combinações – e contem sempre comigo para dar um empurrãozinho rumo à ousadia e autenticidade!

Comentários

  1. Adorei a composição do look, parabéns!
    Estou sempre por aqui, embora não comente muito.
    Bjos,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Cintia! Você estava sumida mesmo dos comentários, mas fico contente de saber que sempre acessa ao blog! Beijos e bom feriado!

      Excluir
  2. Respostas
    1. Kkkkkkkk, muito obrigada, querida! Fico feliz que você goste! =)

      Excluir

Postar um comentário